.posts recentes

. Nadal conquista Roma, Iva...

. Nadal soma e segue

.arquivos

. Maio 2007

. Abril 2007

Domingo, 13 de Maio de 2007
Nadal conquista Roma, Ivanovic Berlim

Esperada, mas demasiado fácil. É o que se pode dizer da vitória hoje alcançada por Rafael Nadal na final do Masters Series de Roma. Os parciais de 6-2 e 6-2 demonstram bem a superioridade evidenciada pelo espanhol ao longo de toda a partida, perante um Fernando Gonzalez impotente para travar o melhor jogo de Nadal.

Sabia-se que não seria fácil para Gonzalez impor o seu jogo nesta superfície frente ao maiorquino Nadal, mas esperava-se um pouco mais do chileno. Sem precisar de forçar em demasia para vencer, Nadal bem pode agradecer o facto de Gonzalez não ter sabido aproveitar-se do eventual maior desgaste do espanhol, depois da maratona jogada nas meias-finais frente a Davydenko. Sempre muito impaciente, sem capacidade para prolongar um pouco mais as trocas de bola do fundo do court e aguardar a altura certa para atacar, o chileno quase sempre caiu no erro não forçado quando tinha a iniciativa do ponto; por outro lado, Nadal não desperdiçava quando estava em posição de comando e foi encostando o chileno às cordas até concretizar, em definitivo, a vitória, ao cabo de apenas 1h24m de jogo. No final, um Gonzalez rendido à superioridade do adversário disse que "nem sempre tem a ver connosco, com o nosso jogo, se estamos num dia bom ou mau. Muitas vezes tem a ver com o adversário e a forma como ele joga e nos obriga a jogar. Nadal não me deixou atacar como eu gostaria e eu não tive alternativas". Já Nadal declarou-se "muito satisfeito por ter conseguido este feito único de conquistar o título em Roma por três vezes, ainda para mais consecutivas".

21º título da sua ainda curta carreira, 4º da temporada, 13º consecutivo em provas de terra batida e 77 vitórias sucessivas neste piso. Notável!

Na vertente de pares mascullinos, a dupla franco-sérvia Fabrice Santoro / Nenad Zimonjic conquistou o título, terminado com a série de 17 vitórias consecutivas em Roma dos irmãos Bryan. 6-4, 6-7(4-7) e 10-7 (Match TB) foram os parciais de mais uma excelente vitória da dupla sexta cabeça-de-série.

No circuito WTA, jogaram-se esta semana os torneios de Berlim (Tier I) e de Praga.

Anna Ivanovic foi a supreendente vencedora na capital alemã, ao derrotar na final a russa Svetlana Kuznetsova, por 3-6, 6-4 e 7-6(7-4). Excelente semana para a jogadora sérvia, que conquistou o terceiro título da sua carreira e passará a figurar, a partir da próxima segunda-feira, no top ten do ranking mundial feminino.

Já no torneio de Praga, a japonesa Akiko Morigami conquistou o primeiro título da sua carreira, derrotando, na final, a francesa Marion Bartoli, por 6-1 e 6-3. Antes, na meia-final, beneficiara da desistência da bielorrusa Victoria Azarenka, jogadora que esteve em destaque na passada semana no Estoril Open e que, esta semana, confirmou ser um nome a ter em conta no circuito WTA.

publicado por Morais às 16:55
link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Maio de 2007
Nadal soma e segue

O espanhol Rafael Nadal somou hoje a 76ª vitória consecutiva em terra batida, superando o recorde de vitórias consecutivas numa só superfície, pertencente a John McEnroe, que somou 75 êxitos sucessivos no piso indoor carpet entre Setembro de 1983 e Abril de 1985. Mas mais uma vez, Nadal viu-se e desejou-se para conseguir superar um recorde. E mais uma vez em Roma, onde geralmente enfrenta dificuldades superiores às habituais em encontros disputados neste tipo de piso. Foi assim o ano passado na final do torneio, onde enfrentou dois match-points, antes de vencer Roger Federer e igualar o recorde de Guillermo Vilas de 53 vitórias consecutivas em "pó de tijolo" (onde já lá vão!) e assim foi este ano para superar o tal recorde de John McEnroe, pois necessitou de quase quatro horas (3h39m) para vergar Nikolay Davydenko, combativo jogador de leste com um ténis sólido por demais, não obstante ter desperdiçado a vantagem de servir para encontro a 5-3 no segundo set. 7-6(7-3), 6-7(8-10) e 6-4 foram os parciais de um encontro repleto de intensas trocas de bola do fundo do court.

Em contraponto, a primeira meia-final do dia, entre o ídolo caseiro, Filippo Volandri, e o chileno Fernando Gonzalez foi bastante curta e terminou cerca de uma hora depois de iniciada e com vitória do chileno (6-1 e 6-2), para desgosto dos milhares de tiffosi presentes nos courts do Foro Itálico. Foi o fim do sonho para o italiano que, ainda assim, subirá cerca de vinte posições (era 53º à partida para o torneio) no ranking ATP a divulgar na próxima segunda-feira e receberá um special exempt (destinado a jogadores que competem até tarde na semana anterior a um torneio, ficando impossibilitados de jogar o qualifying do mesmo) para o Masters Series de Hamburgo, a disputar ao longo da semana que vem.

Quanto a Gonzalez, tentará ser o primeiro a derrotar Nadal em terra batida, desde que Igor Andreev o conseguiu, em Valência, em Abril de 2005.

 

Resultados do dia:

 

Meias-finais de singulares

(6) Gonzalez (CHI) b. Volandri (ITA) 61 62
(2) Nadal (ESP) b. (4) Davydenko (RUS) 76 (3) 67 (8) 64

Meias-finais de pares

(6) Santoro(FRA)/Zimonjic (SRB) b. (3) Damm (CZE)/Paes (IND) 63 64
(1) B.Bryan (USA)/M.Bryan (USA) b. (4) Knowles (BAH)/Nestor (CAN) 64 57 10-3

tags: , , ,
publicado por Morais às 18:58
link do post | comentar | favorito
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.tags

. todas as tags

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds